Rei Davi Capítulo 56, quinta-feira, 15 de janeiro 2016

Rei Davi Capitulo 56

Rei Davi Capítulo 55, quinta-feira, 15 de janeiro de 2016

 

O rei afirma que sempre soube da idoneidade de Mefibosete, que não se importou em perder as posses. Ele devolve tudo ao filho de Jonatas e ordena que os guardas segurem Ziba. Davi decide baní-lo da cidade. Além disso, decide que Ziba terá de mendigar para sobreviver. Husai conta a Tamar que era espião do rei. A jovem descobre que Absalão morreu na batalha e começa a se culpar. Husai a tranqüiliza. Tamar repara que ele não usa mais o turbante. Ele revela que deixou de ser sacerdote em nome do amor que sente por Tamar. Os dois se declaram e o beijo acontece. Mical tenta enganar Davi, mas ele afirma que não acreditará em nenhuma mentira. Ele conta que todo o povo já sabe sobre sua traição com Absalão. Allat e Bate-Seba se aproximam. Mical tenta se defender, mas Davi exige que ela se cale. Primeiro, ele dá a sentença para Allat. Depois de tanto sofrimento, além de ter salvo Salomão, a mulher receberá ouro suficiente para viver confortavelmente pelo resto de seus dias. Davi destaca que Allat pode viver em Israel, desde que adore somente a Deus. Ela afirma que deixou a feitiçaria de lado e adorava apenas o Deus dos hebreus há algum tempo. Davi se dirige a Mical e dá a sentença. Assim como as outras concubinas que o desonraram, ele a condena a ficar confinada no palácio até a morte. Além disso, como todas as traidoras, Mical será proibida de ver o rosto de qualquer pessoa. Ela grita, enquanto é arrastada pelos guardas. Davi sonha com um grande templo para a Arca da Aliança. Enquanto toca sua harpa, ele pergunta a Deus quem será o próximo rei. Salomão é ungido por Natã. Futuramente, ele será rei. O tempo passa. Na prisão, Mical enlouquece. Husai e Tamar se casam. Mefibosete já consegue caminhar bem utilizando muletas. Grávida de nove meses, Raquel se mostra muito feliz ao lado do companheiro. Joabe e Tirsa brindam, felizes. Davi e Bate-Seba declaram o amor que sentem um pelo outro. O tempo passa e Davi envelhece. Deitado em seu leito, ele se despede de Bate-Seba. Salomão, adulto, se aproxima do pai e também se despede. Bate-Seba observa, emocionada. Davi entrega sua coroa ao filho, que promete reinar com justiça, segundo as leis de Deus. Bate-Seba abraça o filho. Salomão beija o rosto de Davi e segura sua mão. O ungido de Deus morre em paz.

 

Seja o Primeiro a comentar

Deixe seu comentario!

Seu e-mail não será publicado.


*